História das Plantas Aromáticas

As plantas aromáticas fazem parte da história da humanidade desde tempos imemoriais. Talvez, em uma reunião ancestral em volta da fogueira, alguém tenha colocado, por acidente, um tronco ou folhas de uma planta aromática no fogo. A partir disso foi descoberto o encantador aroma dessas plantas.

Existem registros antiquíssimos do uso de plantas aromáticas. Hipócrates, médico da antiga Grécia, falava dos banhos aromáticos como receitas de longevidade. Nos povos chineses, hindus e americanos é parte da cultura ancestral utilizar plantas aromáticas em seus rituais e sua terapêutica.

Na antiga Pérsia um estudioso se destacou na extração dessas essências aromáticas, sendo o precursor da destilação a vapor, método até hoje utilizado ( praticamente sem alterações). Avicena foi médico e filósofo, tendo escrito mais de duzentos livros, alguns deles tratados de medicina utilizados na Europa até meados do século XVII. Através das grandes navegações esse conhecimento dos óleos essenciais, difundido por Avicena no mundo árabe, foi trazido à Europa, se espalhando rapidamente.

Um fato interessante foi observado na época das grandes pragas infecciosas da Europa. As famílias que comercializavam especiarias aromáticas escapavam da infecção, preservando sua saúde. A partir desse acontecimento estudos se focaram no potencial terapêutico dos óleos essenciais.

Na França, no inicio do século XX, um perfumista chamado René-Maurice Gattefossé descobriu acidentalmente o poder cicatrizante do óleo essencial de Lavanda. Em experimentos sofreu uma queimadura na mão, sua reação imediata foi colocá-la em um recipiente que, por acaso, continha este óleo. A rapidez com que a região queimada se recuperou, sem deixar cicatrizes, foi impressionante. A partir deste acontecimento Gattefossé começou a estudar mais profundamente os óleos essenciais, posteriormente desenvolvendo o conceito de “Aromaterapia”.

Contemporâneo de Gattefossé, o Dr. Jean Valnet obteve sucesso ao tratar soldados feridos na guerra com óleos essenciais. Dr. Valnet se destacou mundialmente difundindo práticas de aplicação da Aromaterapia.

Atualmente há um crescimento na utilização dos óleos essenciais como forma de tratamento. Estudos científicos vêm sendo desenvolvidos no sentido de comprovar o benefício dos óleos essenciais para os seres humanos. Através da história vê-se que os óleos essenciais vêm agindo como aliados na busca por cura e saúde.

Sobre Yan Oberlaender

Cofundador da Tunupa Aromaterapia. É biólogo, empreendedor e aromaterapeuta. Dedica sua vida à pesquisa de plantas aromáticas e divulgação dos óleos essenciais como forma de trazer saúde e bem estar para cada um de nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *